Processos Oracle


Quando você chama um programa aplicativo ou uma ferramenta Oracle, como o Enterprise Manager, o servidor Oracle cria um processo para executar os comandos emitidos pelo aplicativo.

O Oracle também cria um conjunto de processos de background para uma instância que interagem entre si e com o sistema operacional para gerenciar as estruturas da memória, executar operações de entrada/saída de forma assíncrona para gravar dados no disco e fazer a manutenção geral.

Os processos de background existentes dependerão dos recursos usados no banco de dados.

Estes são os processos de background mais comuns:

  • SMON (System monitor): Executa uma recuperação de falha quando a instância é iniciada após uma falha
  • PMON (Process monitor): Executa um processo de cleanup em caso de falha de um processo de usuário.
  • DBWn (Database writer): Grava os blocos modificados do cache de buffer do banco de dados nos arquivos no disco
  • CKPT (Checkpoint): Sinaliza o DBWn em checkpoints e atualiza todos os arquivos de dados e arquivos de controle do banco de dados para indicar o checkpoint mais recente
  • LGWR (Log Writer): Grava entradas de redo log no disco
  • ARCn (Archiver): Copia os arquivos de redo log no armazenamentode arquivamento quando os arquivos de log estão cheios ou ocorre uma alternância de log.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s